Registre-se em nosso fórum e faça parte do nosso time!

FPS - concordo com os citados !

Ir em baixo

FPS - concordo com os citados !

Mensagem por -J4CK_B4U3R- em Seg 03 Jun 2013, 10:12

A sétima geração de
videogames foi um marco na popularização dos jogos FPS. O sucesso foi tão
grande que é difícil encontrar um dono de Xbox 360 ou um PlayStation 3 que não
tenha ao menos um título do gênero em sua coleção. Sendo assim, preparamos uma
lista com os principais games de tiro em primeira pessoa e as características
que os diferenciam:



O Melhor Gráfico:
Bioshock Infinite (Xbox 360, PS3)



A qualidade das texturas vistas no
game são impressionantes (Foto: Reprodução/GameFM)



A franquia sempre foi
sinônimo de belos gráficos, mas Bioshock Infinite atingiu um novo patamar.
Mesmo não tendo a intenção de ser foto-realista, o game possui um visual e uma
fotografia que encanta a todos.



Inspirada em elementos de
outros títulos clássicos, Columbia é a cidade mais bonita e majestosa
apresentada nesta geração. Além da paisagem, é importante lembrar da personagem
Elizabeth, que consegue realmente nos emocionar e empolgar. Não sorrir nos
momentos mais divertidos divididos com ela, é uma tarefa quase impossível.



O Melhor Single
Player: Bioshock 1 e 2 (Xbox 360, PS3)



Em Bioshock 2 o jogador encarna um
Big Daddy (Foto: Reprodução/IGXPro)



Se Bioshock Infinite é o
mais belo, os primeiros jogos da franquia possuem o single player mais
envolvente. A cidade de Rapture encantou diversos gamers, que mergulharam
profundamente na trama, descobrindo lentamente os mistérios da cidade submersa.



E se os chamados Big Daddys
aterrorizaram no primeiro jogo, o grande trunfo do segundo foi colocar os
jogadores no papel do próprio personagem, inovando bastante e dando grande
quantidade de plano de fundo à história.



O Melhor
Multiplayer: Battlefield 3 (Xbox 360, PS3)



Naves e veículos são um dos grandes
diferenciais da franquia (Foto: Reprodução/GameRant)



Battlefield 3 trouxe aos
consoles a mesma qualidade dos primeiros jogos da franquia, alcançando um
prestígio que até então não havia conseguido com Bad Company 1 e 2.



A série sempre foi lembrada
pela liberdade tática e pela quantidade de veículos e naves pilotáveis nos
mapas – que são gigantescos. O título também conta com um grande número de
jogadores na mesma sala, criando verdadeiros combates bélicos, motivo pelo qual
ficou conhecido como um verdadeiro simulador de guerra. Além disto, o realismo
dos movimentos e o recuo que as armas possuem trazem uma incrível sensação de
realidade.



O Mais Inovador –
Portal 2 (Xbox 360, PS3)



Portal Gun, uma das grandes
inovações do título (Foto: Reprodução/ZeeGamers)



Não exatamente um game de
tiro, Portal foi chamado por muitos como o melhor dessa geração. O título é
basicamente um jogo puzzle em primeira pessoa, com vários enigmas que devem ser
solucionados usando a famosa Portal Gun.



O primeiro título já havia
sido aclamado pela crítica mundial por seu gameplay inovador e pelo humor
sombrio, tanto que em 2007 foi considerado o jogo mais original do ano.
Curiosidade: poucas pessoas sabem, mas Portal acontece no mesmo universo de
Half-Life.



A melhor
ambientação: Far Cry 3 (Xbox 360, PS3)



Belas paisagens como esta fizeram de
Far Cry 3 um título único (Foto: Reprodução/Edge-Online)



Vencedor do prêmio
de melhor jogo de 2012
pelo TechTudo, Far Cry 3 trouxe um incrível mundo
aberto à ser explorado. A trama se passa em uma ilha infestada de piratas, onde
a única lei é a sobrevivência, um conto sombrio e selvagem sobre a
humanidade perdida.



Não sendo apenas um FPS
bonito, Far Cry 3 trouxe alguns elementos de RPG consigo, como pontos de experiência,
árvores de habilidades e um sistema de fabricação de itens. Além disso, todo
encontro com inimigos pode ser abordado de várias formas diferentes, uma
liberdade que foi bastante apreciada pelo público.



O Melhor Exclusivo
de PS3: Killzone 2 (PS3)



Um dos melhores multiplayers desta
geração (Foto: Reprodução/SelectGames)



Se Killzone 1 foi um dos
jogos mais famosos do PS2, Killzone 2 manteve a qualidade da franquia no PS3.
O segundo game da série trouxe um modo campanha intenso, dotado de
uma história com trama e personagens muito bem elaborados.



Seu multiplayer pode
ser facilmente considerado um dos melhores da geração, e é realmente uma pena
que a comunidade online do game tenha diminuído tanto com a chegada do terceiro
game da série.



O Melhor Exclusivo
de Xbox 360: Halo 4 (Xbox 360)



MasterChief destruindo um dos
inimigos do jogo (Foto: Reprodução/GameInformer)



Xbox sempre foi sinônimo de
Halo. O quarto jogo da franquia possui uma das melhores tramas e melhores
gráficos desde o primeiro game, sendo que somente seu multiplayer não supera
Halo 3.



Se engana quem pensa que
cada Halo é o mesmo jogo em uma roupagem diferente. Os gamers que acompanham a
franquia desde o início sabem que a jogabilidade sofre grandes alterações a
cada jogo, trazendo sempre uma experiência única. É possível que este seja um
dos motivo de tanto amor à serie por parte dos donos do console da Microsoft.



O Mais Subestimado:
Bulletstorm (Xbox 360, PS3)



Os jogadores são recompensados por
mortes mais violentas no jogo (Foto: Reprodução/TotalGamingReviews)



Mesmo recebendo notas
excelentes da mídia especializada, muitos ignoraram o lançamento de
Bulletstorm. O multiplayer do jogo nunca teve uma comunidade muito ativa, o que
acabou refletindo diretamente nas vendas do título.



No entanto, o modo campanha
é excelente. Embora controverso – por permitir tiros em partes íntimas durante
as “skillshots” – ele diverte qualquer fã de FPS durante horas. O sistema de
skillshots é muito parecido com o visto em Fallout 3, onde os movimentos
paravam e era possível escolher em qual parte do corpo direcionar o disparo.



O Mais
Aterrorizante – F.E.A.R 2 (Xbox 360, PS3)



Criaturas monstruosas surgem sem
nenhum aviso (Foto: Reprodução/kinia24lara)



F.E.A.R. é uma das
franquias mais aterrorizantes do gênero. A grande sacada do jogo eram os
momentos em que nem mesmo o jogador entendia exatamente o que estava
acontecendo. Muitas vezes a tela mudava para algo mais demoníaco sem aviso, e o
jogador distraído não percebia que atrás dele havia surgido alguma espécie
criatura.



Da mesma forma, pouco da
trama era entregue no início, cabendo ao jogador descobrir quais os motivos dos
eventos mistériosos. A história seguia o enredo do primeiro game, que girava ao
redor de vários eventos paranormais envolvendo uma garotinha. Estes e outros
elementos do jogo foram fortemente inspirados em histórias de horror japonesas.

====================================================================================


avatar
-J4CK_B4U3R-
Diretoria
Diretoria

Número de Mensagens : 1213
Idade : 34
Localização : ... perdido em algum lugar !
Data de inscrição : 13/03/2009

Ver perfil do usuário http://combatarmshq.com/sig/001/JaCk_Bauer_7.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum